Tipos de Impressoras 3D: Sólidos Fundidos

É curioso que quando falamos sobre impressoras 3D a primeira imagem que vem à mente é uma impressora domestica que fantasticamente gera objetos 3D. Imaginamos que a facilidade de manuseio é o tão elementar quanto apertar "imprimir" e tudo está pronto.

Infelizmente, as impressoras 3D não são realmente assim. Existe uma infinidade de tipos de "impressoras 3D", que são chamados atualmente de Processos de manufatura aditiva.
Pode-se destacar entre este mundo de tecnologias 5 principais tipos: Os baseados em solidos fundidos, os baseados em pó, os baseados em liquidos e os baseados em solidos laminados.
Um dos processos mais populares atualmente é o baseado em deposição de solidos fundidos.

Neste processo, um bico de de extrusão derrete um plastico ou outro material, depositando sobre uma plataforma ou sobre a propria peça. Desta forma, é possivel construir ou confeccionar os objetos com formas dificeis.
Este tipo de impressora 3d tem diversos tipos de peculiaridades, como a ocorrências de filamentos visiveis ao redor de todo o objeto, assim como resistência inferior ao de objetos feitos com moldes.
Sobretudo, estes processos estão mudando o mundo e a forma de se encarar as coisas, sendo que muitas dessas impressoras estão acessiveis para o publico pelo valor médio de R$3000,00 a 15000,00.
Entre as principais caracteristicas destas impressoras está o tamanho do bico e espessura minima de camada (precisão de fabricação), velocidade de fabricação, tamanho maximo que impressora permite fabricar (normalmente entre 15 a 25cm).
Desta forma, é importante ver que apesar de serem impressoras 3D, não é facil fabricar qualquer objeto em qualquer impressora e muitas vezes, os objetos acabam saindo diferente de impressora para impressora.

Source: Tudo Sobre Impressoras 3D

Deixe uma resposta

Fechar Menu