Impressoras 3D Com Papel

Impressionante como as impressoras 3D vieram com tanta força que hoje em dia existe impressoras que podem fabricar objetos com os mais variados materiais. Uma delas fabrica com papel. além de poder confeccionar objetos com alta definição de cores.
A principio, esta impressora empilha e corta folhas de papel de forma a gerar objetos. Esta tecnologia é muito interessante pois tem como materia prima nada mais do que papel, deixando o processo mais barato que outras impressoras.
Este processo foi inventado em 1991 pela empresa japonesa KIRA, que patenteou, na época, uma tecnologia baseada em rolos de papel e corte à laser. Em seguida, outras empresas, como a Helisys, vieram com tecnologias que cortavam as folhas de papel através de facas, fresas, brocas e outros métodos de corte. De forma geral, este tipo de tecnologia é classificada como processos baseados em solidos laminados, também conhecido como LOM (Laminated Object Modelling).
Um dos principais problemas desta impressora se relaciona ao desperdício de papel, além da grande dificuldade de remoção dos pequenos blocos que rodeiam o objeto. Por exemplo, se um objeto pequeno for fabricado, mais de 90% do papel é simplesmente jogado fora.
Atualmente existem outras tecnologias de impressão 3D semelhantes a este tipo de processo que podem confeccionar objetos de plástico, metal, cerâmicos, madeira entre outros materiais diversos.
Um livro que apresenta estes e outros processo é Impressoras 3D: O novo meio Produtivo, que apresenta um apanhado geral das principais impressoras 3D que existem, assim como principais características, aplicações e polêmicas.

Source: Tudo Sobre Impressoras 3D

Deixe uma resposta

Fechar Menu