Saiba como as Impressoras 3D impulsionaram a Industria 4.0

Atualmente, fala-se muito da 4a revolução industrial, sendo chamada de industria 4.0 ou manufatura 4.0. Mas como é que as impressoras 3D se encaixam neste contexto?

pode-se dizer que a variação entre cada uma das revoluções industriais é marcada por uma característica macro.

1a revolução industrial
-produção mecanizado através de máquinas movidas a água ou a vapor de água
-mecanização de tear
2a revolução industrial
linhas de produção em série, com a distribuição de recursos e a utilização de energia elétrica
Ford e Taylor
3a revolução industrial
automatização de processos e sistemas
4a revolução industrial
sistemas cyber-físicos
As impressoras 3D existem desde 1984, mas porquê somente agora se fala que estas proporcionaram esta revolução?
Destaca-se que em 2009, as primeiras e principais patentes de impressoras 3D expiraram, dando abertura para desenvolvimento colaborativo, opensource e popularização da tecnologia.

Sobretudo, as impressoras 3D começaram este impulsionamento em função de permitir a fabricação de objetos 3D a partir de scanners 3D e modelos 3D de forma autônoma e com liberdade de formas . Desta forma, moldes, ferramentas e investimentos iniciais para produção, lançamento e modificação de produtos podem ser descartados em alguns cenários produtivos.
Ou seja, o conceito “você pode ter carro de qualquer cor, desde que seja preto”, intrinsceco de produção em massa cai, permitindo uma produção baseada em personalização em massa. Com isso, entra o conceito de manufatura digital onde se utiliza de um banco de objetos 3D e a fabricação é sequenciada com demanda de cliente.
Claro que a industria 4.0 não é apenas marcada por isso, mas sim pela criação de ambientes cyberfísicos. Desta forma, busca-se a utilização de bancos de dados, inteligência artificial, robôs, comunicação entre equipamentos, acompanhamento autônomo de produção, geoposicionamento e realidade aumentada para a criação deste ambiente cyberfísico. Mas isto é um assunto para outro post.
De uma forma ou de outra, sem a presença das impressoras 3D de forma popularizada, a criação de ambientes com fabricação de extrema personalização e praticamente autônoma não seria possível.
Logo, é cada vez mais importante que a utilização de impressoras 3D no dia a dia, de forma que desenvolvimentos e produções de produtos possam ser acelerados e alinhados com necessidade de clientes.

Source: Tudo Sobre Impressoras 3D

Deixe uma resposta

Fechar Menu